Explosões matam dezenas na China e são vistas do espaço

Depósito com materiais químicos explodiu em zona portuária da cidade de Tianjin, no nordeste chinês.

0

Pelo menos 44 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas após duas grandes explosões na cidade portuária de Tianjin, no nordeste da China.

Entre os mortos estavam 12 bombeiros, de acordo com a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

As explosões ocorreram em um depósito que estocava material “perigoso e químico” na área portuária da cidade.

Eles provocaram uma bola de fogo gigante que pôde ser vista do espaço. Assista.

Prédios em um raio de dois quilômetros tiveram janelas quebradas, escritórios foram destruídos e centenas de carros pegaram fogo.

Imagens da mídia chinesa mostram moradores e trabalhadores deixando suas casas – alguns cobertos pelo sangue de ferimentos provocados por estilhaços de vidro e destroços.

A primeira explosão ocorreu por volta das 23h30 do horário local na quarta-feira (12h30 em Brasília).

Segundo o centro responsável por monitorar terremotos na China, a primeira explosão teve força equivalente à detonação de três toneladas de dinamite. A segunda teria sido semelhante à explosão de 21 toneladas de dinamite.

Comentários

VIABBC
FONTEG1
COMPARTILHE