Acúmulo de proteína no sangue danifica a memória

O próximo passo seria verificar se a proteína provocaria os mesmos efeitos no cérebro humano.

15

Um experimento publicado na revista científica ‘Nature Medicine’ sugere que o acúmulo da proteína BM2 no sangue ao longos dos anos danifica uma área do cérebro ligada à memória.

O experimento foi constado em ratos jovens que, com a injeção de proteínas, apresentaram um pior desempenho cognitivo e diminuíram o crescimento de novos neurônios no cérebro. Em uma outra vez, os cientistas descobriram que as proteínas em acúmulo no sangue ocasionam a perda da memória em animais mais velhos.

O estudo sugere que ao se bloque a ação da B2M quando somos jovens poderia prevenir a perda de memória em idade avançada ou, ainda, reverter o processo já em uma idade avançada.

O próximo passo seria verificar se a proteína provocaria os mesmos efeitos no cérebro humano.

Comentários

FONTECatraca Livre
COMPARTILHE